Entrevista a Gal Costa

Entrevista a Gal Costa

Cantora brasileira celebra 50 anos de carreira

A celebrar 50 anos de carreira, a cantora Gal Costa vem a Lisboa para dois concertos no Campo Pequeno, dias 10 e 11 de novembro. O espetáculo, intimista, conta com alguns dos clássicos da artista brasileira, mas também com temas do mais recente trabalho, Estratoesférica.

Este ano comemora 50 anos de carreira, um número redondo e especial. Olhando para trás, que balanço faz destas cinco décadas?
Fui muito feliz, cresci muito como pessoa, como cantora. Aprendi, revolucionei e vivi. Mas ainda há muito para fazer, muitos projetos que quero trazer a público. O tempo não passa por mim.

É uma pergunta ingrata, mas de entre tantas canções que gravou, há alguma que seja especial?
Todas são especiais. Todas têm o seu momento e me marcaram de uma forma ou de outra.

Como olha para a música brasileira que se faz atualmente?
Há muito talento. A música brasileira está de boa saúde. Novos compositores, novas vozes e muita qualidade. Neste meu último disco, Estratoesférica, convidei alguns nomes como Marcelo e Thiago Camelo ou Mallu Magalhães para comporem canções, e fiquei apaixonada.

Como foi trabalhar com eles?
Foi maravilhoso. Rejuvenesci.

Tendo em conta que Marcelo e Mallu estão a viver em Lisboa, podemos esperar uma participação especial nos seus concertos?
Neste momento não, mas quem sabe numa próxima...           
                                                                  
E em relação à música portuguesa, o que gosta de ouvir?
Como não poderia deixar de ser, o fado.

Esgotou o Campo Pequeno em Lisboa e já tem nova data. Sente-se acarinhada pelo público português?
Sinto, muito. Gosto muito de cantar para o público português. Cantamos em uníssono, no mesmo tom, as mesmas músicas. É muito gratificante.

O que está a preparar para estes concertos?
Vou cantar muitos dos meus sucessos, como Meu Bem meu Mal, Um Dia de Domingo ou Gabriela, mas também algumas canções do novo disco.

O que lhe reserva o futuro? Já está a pensar num novo disco?
Claro que sim. Há um novo projeto com Gilberto Gil e Nando Reis – Trinca de Ases - e, quem sabe, virá ai um novo disco. 

[por Filipa Santos | fotografias: direitos reservados]

Relacionado

Gal Costa

Música › Espetáculos
10 e 11 nov/17
Centro de Lazer Campo Pequeno, Torreão Sul

Formulário de procura

Natal em Lisboa