PANOS 2017

PANOS 2017

De 19 a 21 de maio

  • “Atalhos” de Joana Craveiro, pelos FALSOS dEUSES (Ovar)
     “Atalhos” de Joana Craveiro, pelos FALSOS dEUSES (Ovar)

Depois de um ano de pausa, o PANOS está de volta em 2017, naquela que é a 11.ª edição de um projeto que junta a nova escrita para teatro ao teatro que é feito por adolescentes.

PANOS é um projeto da Culturgest que alia o teatro escolar/juvenil às novas dramaturgias, inspirando-se no programa Connections do National Theatre de Londres. Depois de um ano de pausa, em 2016/2017 volta a haver peças novas escritas de propósito para serem representadas por grupos escolares ou de teatro juvenil.Mais de trinta grupos escolares e juvenis do país inteiro escolheram encenar uma das três peças propostas, e neste festival da Culturgest mostram-se dois espetáculos de cada texto. Este ano são três originais, escritos de propósito: Aos Poucos, de Tina Satter, Atalhos, de Joana Craveiro, e Ode Inacabada, de Cláudia R. Sampaio.

Aos Poucos, de Tina Satter, decorre entre um grupo de personagens interligadas de várias idades, géneros e identidades sexuais a viver numa cidade do Norte do Novo México. Algumas personagens têm ascendência navajo e outras não. A peça pinta a paisagem deste grupo particular de pessoas enquanto tentam perceber quem são nesta altura das suas vidas, e quem poderão vir a ser. Pelos vistos, é impossível fazerem isto umas sem as outras.

Em Atalhos, de Joana Craveiro, cinco jovens empreendem uma viagem. Percorrem a memória de alguns acontecimentos recentes que têm surgido nos jornais ao longo dos últimos meses/anos, para falarem deles próprios e pedirem explicações pelo que não compreendem. O caminho que escolheram é o mais longo, porque demora sempre mais ir ao cerne das coisas do que passar por cima do que não se compreende nem faz sentido só para se chegar mais depressa aonde se pensa que tem de se chegar a horas. A solidão muda-nos? Quem somos perante a ausência dos outros?

Ode Inacabada, de Cláudia R. Sampaio, é uma odisseia em busca da identidade, em que uma voz singular se multiplica, num aprofundamento de consciência face ao mundo e ao "eu". Trata-se de um intra-diálogo tentando consolidar-se através da alquimia da palavra, que se interroga e problematiza no meio do silêncio redentor de um mundo sem pessoas.

O PANOS 2017 decorre na Culturgest de 19 a 21 de maio.
........................................

  • PROGRAMA
  •  
  • Sexta, 19
  • Palco do Grande Auditório, 21h30
  • Aos Poucos” de Tina Satter
  • por Leirena Teatro (Leiria)
  •  
  •  
  • Sábado, 20
  • Sala 2, 16h
  • Pano para mangas
  • Conversa com as autoras
  •  
  • Pequeno Auditório, 18h30
  • Atalhos” de Joana Craveiro
  • por Falsos dEUSES (Ovar) 
  •  
  • Palco do Grande Auditório, 21h30
  • Ode Inacabada” de Cláudia R. Sampaio
  • por Reticências, ES Leal da Câmara (Rio de Mouro) 
  •  
  •  
  • Domingo, 21
  • Pequeno Auditório, 16h
  • Aos Poucos” de Tina Satter
  • por Lordes do Caos, ES Mem Martins 
  •  
  • Palco do Grande Auditório, 18h30
  • Atalhos” de Joana Craveiro
  • por Grupo Cénico do Colégio José Álvaro Vidal – Fundação CEBI (Alverca) 

Formulário de procura

OP'17