1936, o ano da morte de Ricardo Reis

1936, o ano da morte de Ricardo Reis

Teatro › Espetáculos
Até 23 dez/16

Quinta a sábado, ás 21h30 | domingo, às 17h

A Barraca. A partir de José Saramago. Hélder Mateus da Costa, dramaturgia e encenação; Adérito Lopes, Carolina Parreira, João Maria Pinto, Ruben  Garcia, Samuel Moura, Sérgio Moras e Sónia Barradas, interpretação.

A partir de um dos mais aplaudidos livros de José Saramago, A Barraca leva à cena uma peça sobre tempos passados para dias de hoje, nos quais impera "frágil memória, menoridade cívica e ética, fundamentalismos, militarismos, imperialismo financeiro gerando miséria e horror universais", segundo as palavras do encenador Hélder Mateus da Costa.

Por isso importa recordar o ano de 1936, e evocar "este belo e profundo romance" que "convida a uma reflexão dramatúrgica muito entusiasmante". E tudo "começa pela invenção do encontro entre Fernando Pessoa já falecido e o heterónimo Ricardo Reis, com casos reais de sexo e paixão, também de ambiente surdo, falso e pesado, e porque fala com humor da relação criador / “obra / figura/personagem”, acrescenta.
 

Informações Úteis

Preços: 14€ e 10€ (com descontos aplicáveis) | 7,50€ (preço único às quintas-feiras)

Reservas: T. 213 965 360 | 213 965 275 |
913 341 683 | 968 792 495 

Local

Largo de Santos, 2
1200-808 Lisboa

Relacionado

Reveillon no Teatro

Entre em 2017 a ''pisar'' o palco

Formulário de procura

Natal em Lisboa

Continuam

Avenida Q

Teatro › Espetáculos
7 set a 30 dez/17

Portugal em Revista

Teatro › Espetáculos
Estreia 14 set/17

A última noite do Capitão

Teatro › Espetáculos
24 set a 17 dez/17