Felizmente Há Luar...

Felizmente Há Luar...

Nos 200 anos da execução de Gomes Freire de Andrade

Ciência
até 17 fev/2018

seg a sex: 9h30-16h30

No ano em que se assinalam os 150 anos sobre a publicação da Lei da Abolição da Pena de morte em Portugal e os 200 anos da execução do general Gomes Freire de Andrade, o Arquivo Nacional da Torre do Tombo apresenta uma mostra do seu acervo documental sobre este personagem marcante da História de Portugal do século XIX. O nome da mostra alude à carta enviada pelo governador Miguel Pereira Forjaz ao Intendente Geral da Polícia, Barbosa de Magalhães, no dia da execução de Gomes Freire e dos outros 11 acusados de traição (os Mártires da Pátria), quando escreveu … he verdade que a execução se prolongará pela noite mas felizmente há luar e parece-me tudo tão sossegado que espero não cause isso prejuízo algum. Entre os destaques da documentação exposta incluem-se: da Coleção de Tratados, a Ratificação pela Imperatriz Catarina da Rússia do Tratado de amizade, navegação e comércio com a rainha D. Maria I de Portugal, em 1787, e que terá influenciado o pedido formulado por Gomes Freire de integrar como voluntário as tropas russas na guerra contra o Império Otomano; do Ministério dos Negócios Estrangeiros - Delegação de S. Petersburgo, os ofícios e cartas dirigidos pelo representante diplomático português na corte de Catarina II à rainha D. Maria, acerca dos feitos militares de Gomes Freire e das promoções e condecorações de que foi alvo; da Coleção Manuscritos da Livraria, um texto do General acerca da intervenção militar portuguesa na Guerra do Rossilhão; a obra Ensaio sobre o methodo de organisar em Portugal o exercito também de sua autoria.

Local

Alameda da Universidade
1649-010 Lisboa

Formulário de procura

Continuam

Visitas Guiadas

Ciência, Visitas Guiadas

Núcleo de Interpretação da Muralha de D. Dinis

Ciência, Visitas Guiadas

Exposição Permanente do Museu da Água

Ciência, Visitas Guiadas