JOSÉ DE ALMADA NEGREIROS

JOSÉ DE ALMADA NEGREIROS

Uma maneira de ser moderno

Artes › Exposições › Pintura
3 fev a 5 jun/17

Das 10h às 18h (encerra terça)

Curadoria de Mariana Pinto dos Santos com Ana Vasconcelos.

A Fundação Calouste Gulbenkian recebe, a partir de 3 de fevereiro, aquela que é, em 25 anos, a primeira grande exposição dedicada a Almada Negreiros.

A mostra, organizada em sete núcleos temáticos, reúne mais de 400 obras do artista, algumas delas inéditas, e propõe um olhar inovador sobre a presença de Almada na história do modernismo português.

Defensor de que a arte da modernidade deveria ser encontrada um pouco por todo o lado, fosse em edifícios públicos, nos teatros e cinemas, nas ruas, ou nos desenhos e grafismos que ilustram os jornais, Almada entendia que cada obra, gesto ou atitude fazia parte do espetáculo que o artista teria por missão apresentar perante o público.

Em Uma Maneira de Ser Moderno, é possível ficar a saber mais acerca do modo como Almada elegeu e revisitou temas e como trabalhou os diferentes suportes e meios. Nesta mostra, a pintura e o desenho apresentam-se em estreita relação com os trabalhos que o artista fez em colaboração com editores, músicos, arquitetos, cenógrafos e encenadores.

A presença marcante do cinema e a persistência da narrativa gráfica ao longo da sua obra, bem como trabalhos e estudos inéditos que dão a conhecer diferentes facetas do processo do trabalho artístico de Almada, também estarão em destaque na exposição.

Informações Úteis

Preço: 5€

Local

Avenida de Berna, 45 A
1067-001 Lisboa

Formulário de procura

Continuam

Lisboa Story Centre

Artes

O Prazer de Fazer, a Joia ao Alcance da Mão

Artes › Cursos / Encontros

Encontro dos Origamigos de Lisboa

Artes › Cursos / Encontros