LOOPS.LISBOA

LOOPS.LISBOA

Open Call

Artes › Exposições › Vídeo / Multimédia
7 dez/16 a 22 jan/17

Pode-se dizer que a imagem-base que compõe um loop - seja ela narrativa ou abstrata, linear ou desconstruída, de curta ou longa duração - é, por definição, como uma ilha. Uma estrela. Uma peça isolada. 

Mas a mágica da linguagem do loop, este ponto de partida histórico para o cinema e a videoarte, é precisamente o seu próprio nome; o seu próprio dispositivo; a sua própria existência enquanto ferramenta. O loop faz da ilha um arquipélago; da estrela, uma constelação. 

Tal transformação pode envolver escolhas artísticas e processos prévios: planeamento. Convergência. Esforços cénicos e performáticos. Rigor vertical. Ou presentes: crueza. Registo. Espontaneidade. Momento. Still life. Ou póstumos: cut-ups. Montagens. Processamentos. Condensações. Manipulações de tempo e espaço. Exquisite corpses.

Estas diferentes dimensões podem estar profundamente interligadas. Ou não. A loop is a loop is a loop. 
Assumindo-se o ponto de partida enquanto o ponto de retorno, tudo haverá de ser possível. É a este tudo que oLOOPS.LISBOA está à procura nesta Open Call.

Bem-vindos artistas portugueses, e estrangeiros residentes em Portugal, ao LOOPS.LISBOA e ao Temps D´Images 2016.

Formulário de procura

Continuam

Lisboa Story Centre

Artes

O Prazer de Fazer, a Joia ao Alcance da Mão

Artes › Cursos / Encontros

Encontro dos Origamigos de Lisboa

Artes › Cursos / Encontros