Mário ou eu próprio-o-outro

Mário ou eu próprio-o-outro

Teatro › Espetáculos
10 mai a 3 jun/18

Umbigo – Companhia de Teatro. A partir de José Régio, Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro. rogério paulo, adaptação e encenação; Anouschka Freitas e Ricardo Barceló, interpretação.

Ao longo da sua vida, José Régio nunca escondeu a profunda admiração por alguns dos “argonautas” do primeiro modernismo português, sobretudo Pessoa e Sá-Carneiro. Mas, como referiu um dia Eugénio Lisboa, foi ao segundo que o escritor vila-condense, reconheceu “verdadeiro génio”, em contraponto ao “elevadíssimo talento” do primeiro. Retirado da gaveta “das nossas vontades”, a companhia de teatro Umbigo leva por fim à cena o espetáculo pensado para assinalar o centenário da morte de Mário de Sá-Carneiro. Acontece agora, partindo da peça homónima de Régio que retrata a derradeira a agonia do poeta no quarto de hotel, em Paris, onde poria termo à vida, em abril de 1916. Entrelaçando ao texto correspondência com Fernando Pessoa e poemas de Sá-Carneiro, o encenador rogério paulo dirige um “jogo de conflito, submissão, superioridade e loucura” em que Mário se debate, pela última vez, com o Outro – “aquele que escondia de si, exorcizando-se dele apenas nos seus textos”, ao contrário do amigo Pessoa, que se recriava nos seus muitos Outros. FB

Local

Largo da Trindade, 7 A
1200-466 Lisboa

Formulário de procura

Lisboa Cidade Triste e Alegre

Continuam

Portugal em Revista

Teatro › Espetáculos
Estreia 14 set/17

1936, o ano da morte de Ricardo Reis

Teatro › Espetáculos
2017/2018

The Portuguese - a Musical Comedy

Teatro › Espetáculos
Estreia 13 jan/18