A Conquista do Inútil

A Conquista do Inútil

Artes Werner Herzog

Editora: Tinta-da-china
Data:

Em 1972, Werner Herzog roda no Amazonas, em condições penosas, Aguirre, A Cólera de Deus, um filme sobre a expedição de um grupo de conquistadores, comandado por Lope de Aguirre, em busca do Eldorado. Dez anos depois, regressa para concretizar o projecto Fitzcarraldo, a história da obsessão do barão da borracha Carlos Fermín Fitzcarrald que, para construir uma ópera em plena Amazónia, não hesita em fazer transportar um navio através de um istmo. Em comum os dois filmes têm Klaus Kinski, ator ideal para encarnar estas figuras demenciais. Neste diário da mítica rodagem de Fitzcarraldo, o cineasta alemão narra a aventura da sua equipa de filmagem que sucumbe à voracidade da selva. “Um ano de catástrofes do ponto de vista privado e do trabalho”, assim resume Herzog esta temível empresa. Ao longo destas páginas, “entre o onírico, o inútil e o impossível”, tomamos consciência que Herzog é da estripe dos seus heróis, capaz de sacrifícios épicos para transformar o sonho em realidade.

372 páginas

Formulário de procura

Livros

Às Vezes São Precisas Rimas Destas

Poesia

Auto de António

Poesia
Manuel Alegre

O Filho da Mãe

Romance
O Filho da Mãe

Fanny Owen

Romance
Agustina Bessa-Luís

George e a Lua Azul

Infanto-Juvenil
Lucy & Stephen Hawking

O Exercício Experimental da Liberdade

Artes
Delfim Sardo

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Vida e Obra de Fernando Pessoa

Estudos
João Gaspar Simões

O Museu do Pensamento

Infanto-Juvenil
Joana Bértholo

O Terrivél - A grande Biografia de Afonso de Albuquerque

Estudos
José Manuel Garcia

Maigret e o seu Morto

Romance
Georges Simenon

Autobiografia de Alice B. Toklas

Outros
Gertrude Stein