Dias Úteis

Dias Úteis

Romance Patrícia Portela

Editora: Editorial Caminho
Data:

Miguel Real, escritor, filósofo e crítico, considerou Patrícia Portela “a romancista mais inovadora existente hoje em Portugal”. Nascida em 1974, trabalha em teatro, dança e cinema, é autora de performances e de obras literárias. Este livro é, à semelhança das suas obras anteriores, O Banquete, Wasteband ou A Colecção Privada de Acácio Nobre, inclassificável. É composto por um prefácio fora de jogo e uma didascália com indicações dadas pelo livro sobre a forma como deve ser lido: “de preferência sem interrupções” ou “não me leias para passar o tempo”. O corpo principal da obra é formado por sete contos de temática diversa, um para cada dia da semana. No final, um epitáfio por preencher com a seguinte anotação: “A obra aqui pretende deitar abaixo um governo só com o seu epitáfio. Sabendo que se limita a cumprir o namoro das musas por sílabas roubadas, a obra aqui não se inscreve e deixa espaço em branco para que lhe caiba outra sorte”. 

112 páginas

Formulário de procura

Natal em Lisboa

Livros

Às Vezes São Precisas Rimas Destas

Poesia

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

O Exercício Experimental da Liberdade

Artes
Delfim Sardo

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Fernão de Magalhães

Outros
Stefan Zweig

Dias Úteis

Romance
Patrícia Portela

As Mil e uma Noites

Romance

A Conquista do Inútil

Artes
Werner Herzog

O Museu do Pensamento

Infanto-Juvenil
Joana Bértholo

O Terrivél - A grande Biografia de Afonso de Albuquerque

Estudos
José Manuel Garcia

Maigret e o seu Morto

Romance
Georges Simenon

Autobiografia de Alice B. Toklas

Outros
Gertrude Stein