Estrada Nacional

Estrada Nacional

Poesia Rui Lage

Editora: Imprensa Nacional-Casa da Moeda
Data:

O volume de poemas Estrada Macional, Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2016, encerra um ciclo dedicado ao mundo rural e dá continuidade a uma reflexão frequentemente sarcástica sobre o Portugal contemporâneo. Convém referir, porém, que a aldeia de Rui Lage é o mundo, como sublinha num dos poemas: “não são as aldeias mundo / como o demais imundo?” Esta é uma viagem com partida e regresso pelo mundo rural, com o itinerário definido poema a poema, estrada a estrada. Mas, para o poeta: “Toda a viagem é inversão de marcha”. Por isso, este é também um livro sobre a infância e a evocação dos “antepassados traídos”, os avós, a "Maria do Carmo". E, sobretudo, uma meditação sobre a finitude e a constatação (dolorosa?) de que o mundo rural é um “museu/ onde as estátuas estão todas mortas / e os quadros são todos falsos”. Que “As estrelas dão-se a morte lá no alto, / e só nelas, nas suas vastas e atrozes parcelas, / no seu mudo e disperso povoamento, / ainda há vida no campo”.           

74 páginas

Formulário de procura

Livros

O Meu Inimigo Mortal

Romance
Willa Cather

Canto Irregular

Poesia
Fábio Neves Marcelino

Cair para Dentro

Romance
Valério Romão

A Pura Inscrição do Amor

Poesia
Nuno Júdice

A Ciência das Sombras

Poesia
Bernardo Pinto de Almeida

Um Quarto em Atenas

Poesia
Tatiana Faia

Mike Tyson para Principiantes

Poesia

É Agora como Nunca

Poesia
Adriana Calcanhotto

José Espinho – Vida e Obra

Artes

Requiem para o Sonho Americano

Outros
Noam Chomsky

O Velho e o Mar

B.D. Ilustração
Thierry Murat

Da Miséria Simbólica

Ensaios
Bernard Stiegler