Fernão de Magalhães

Fernão de Magalhães

Outros Stefan Zweig

Editora: Relógio D’Água
Data:
Título Original: Magellan, Der Mann und seineTat

Em 1519 Fernão de Magalhães inicia, com uma frota de cinco navios e 260 homens, uma das mais importantes viagens da humanidade: a circum-navegação do planeta. Três anos depois, sem o comandante, só um dos navios regressa, tripulado por 18 marinheiros exangues mas com uma história extraordinária para contar. Stefan Zwieg descreve-nos o homem e o seu feito, com especial detalhe e elegância narrativa, a par das circunstâncias históricas do seu tempo: as tensões entre Portugal e Espanha num mundo em transição da Idade média para o Renascimento. Segundo o autor, este livro resultou de uma “profunda sensação de vergonha da minha impaciência” numa confortável travessia do Atlântico com destino à América do sul. Evocou, então, as primeiras viagens dos ousados conquistadores dos mares e “entre todos os vultos, um se ergueu mais dominador, (…) [aquele que] segundo o meu parecer realizou o que de mais grandioso existe na história do descobrimento da terra: Fernão de Magalhães”. 

252 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Maria de Castro Henriques Osswald

Formulário de procura

OP'17

Livros

A História do Mundo para Pessoas com Pressa

Outros
Emma Marriott

O Signo

Ensaios
Umberto Eco

Dentes de Rato

Infanto-Juvenil
Agustina Bessa-Luís

Esta Noite Sonhei com Brueghel

Romance
Fernanda Botelho

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Fernão de Magalhães

Outros
Stefan Zweig

As Mil e uma Noites

Romance

Forte como a Morte

Romance
Guy de Maupassant

A Conquista do Inútil

Artes
Werner Herzog

Dicionário Sentimental do Adultério

Outros
Filipa Melo

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

Diante do tempo

Ensaios
Georges Didi-Huberman .