Fernão de Magalhães

Fernão de Magalhães

Outros Stefan Zweig

Editora: Relógio D’Água
Data:
Título Original: Magellan, Der Mann und seineTat

Em 1519 Fernão de Magalhães inicia, com uma frota de cinco navios e 260 homens, uma das mais importantes viagens da humanidade: a circum-navegação do planeta. Três anos depois, sem o comandante, só um dos navios regressa, tripulado por 18 marinheiros exangues mas com uma história extraordinária para contar. Stefan Zwieg descreve-nos o homem e o seu feito, com especial detalhe e elegância narrativa, a par das circunstâncias históricas do seu tempo: as tensões entre Portugal e Espanha num mundo em transição da Idade média para o Renascimento. Segundo o autor, este livro resultou de uma “profunda sensação de vergonha da minha impaciência” numa confortável travessia do Atlântico com destino à América do sul. Evocou, então, as primeiras viagens dos ousados conquistadores dos mares e “entre todos os vultos, um se ergueu mais dominador, (…) [aquele que] segundo o meu parecer realizou o que de mais grandioso existe na história do descobrimento da terra: Fernão de Magalhães”. 

252 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Maria de Castro Henriques Osswald

Formulário de procura

Sardinhas

Livros

Problemas de Género

Estudos
Judith Butler

1640

Romance
Deana Barroqueiro

Desenhos Efémeros

Artes
António Jorge Gonçalves

A Princesa de Clèves

Romance
Madame de La Fayette

Marotices

B.D. Ilustração
Marion Fayolle

Nunca Me Deixes

Romance
Kazuo Ishiguro

Teatro Pós-Dramático

Artes
Hans-Thies Lehmann

Antologia de Poesia Erótica

Poesia
Bocage

HISTÓRIAS DE ADORMECER PARA RAPARIGAS REBELDES

Infanto-Juvenil
Elena Favilli e Francesca Cavallo

O Mundo É Redondo

Infanto-Juvenil
Gertrude Stein

Morte pela Água

Romance
Kenzaburó Óe

Lord Lilford on Birds and Flowers

Poesia
Pedro Miranda Albuquerque