Há Classes Sociais

Há Classes Sociais

Infanto-Juvenil Equipo Plantel

Editora: Orfeu Negro
Data:
Título Original: Hay Clases Sociales

Originalmente publicado em 1978, este texto fala de ricos e pobres, dominantes e dominados e de classe alta, média e trabalhadora. Fala sobretudo da forma diferente como todos eles vivem e entendem o mundo. Desde então muita coisa mudou, infelizmente não o bastante para alterar o espírito deste belíssimo texto. Como se lê em nota da edição: “ (…) em geral o vestuário das pessoas assemelha-se mais. Não mudou porém o desejo que muitos ricos partilham de terem coisas exclusivas para se poderem distinguir dos outros”. Contrariamente ao que se esperava no final da década de 70, o fosso entre ricos e pobres aumentou drasticamente nos últimos anos com o empobrecimento acentuado da classe média e o crescimento do desemprego. Por isso, neste livro só as ilustrações de Joan Negrescolor são novas. Agora é altura de o ler e compreender que teoricamente todos os homens são iguais, mas que na prática há coisas que os tornam diferentes: o dinheiro, o poder, a força, a cultura, a educação.
 

54 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Maria Afonso

Formulário de procura

Sardinhas

Livros

Problemas de Género

Estudos
Judith Butler

A Princesa de Clèves

Romance
Madame de La Fayette

1640

Romance
Deana Barroqueiro

O Anel dos Löwenskölds

Fantástico
Selma Lagerlöf

Desenhos Efémeros

Artes
António Jorge Gonçalves

Nunca Me Deixes

Romance
Kazuo Ishiguro

Marotices

B.D. Ilustração
Marion Fayolle

Antologia de Poesia Erótica

Poesia
Bocage

Teatro Pós-Dramático

Artes
Hans-Thies Lehmann

Dos Romanov a Lenine

Outros
Jaime Batalha Reis

O Mundo É Redondo

Infanto-Juvenil
Gertrude Stein

Morte pela Água

Romance
Kenzaburó Óe