Insanus

Insanus

Contos Carlos Querido

Editora: Abysmo
Data:

Insanus reproduz na contracapa uma citação de Flaubert. “Livre. Quel qu’il soit, toujours trop long”. Contudo, estas narrativas de Carlos Querido não correm o risco se ser demasiado longas, pois consistem em cerca de três dezenas de micro-contos. O autor, juiz desembargador, cronista e romancista, publicou os romances históricos Redenção das Águas – As Peregrinações de D. João V à Vila das Caldas (2013) e Príncipe Perfeito – Rei Pelicano, Coruja e Falcão (2015). Com o absurdo como denominador comum, estes pequenos textos sobre um homem a quem as palavras doem, náufragos que se perdem no mar, que pode ser um deserto, um gato que regressa do passado, um mendigo invisível nos seus andrajos, estátuas que invadem uma pequena cidade termal, ou uma mulher que tem o corpo do marido a apodrecer em casa, compõem uma impressionante galeria de personagens atormentada pela insanidade ou pela “horrível sanidade”, na citação de Edgar Allan Poe, em epígrafe no presente livro.

128 páginas

Formulário de procura

Livros

Boa Noite

Infanto-Juvenil
Pierre Pratt

O Mundo É Redondo

Infanto-Juvenil
Gertrude Stein

1147, A Conquista de Lisboa

Estudos
Miguel Gomes Martins

Lord Lilford on Birds and Flowers

Poesia
Pedro Miranda Albuquerque

O Filho da Mãe

Romance
O Filho da Mãe

Fanny Owen

Romance
Agustina Bessa-Luís

O Anel dos Löwenskölds

Fantástico
Selma Lagerlöf

Nunca Me Deixes

Romance
Kazuo Ishiguro

O Lápis Mágico de Malala

Infanto-Juvenil
Malala Yousafzai

Antologia de Poesia Erótica

Poesia
Bocage

Dos Romanov a Lenine

Outros
Jaime Batalha Reis

Não É nada Difícil

Infanto-Juvenil
Madalena Matoso