Insanus

Insanus

Contos Carlos Querido

Editora: Abysmo
Data:

Insanus reproduz na contracapa uma citação de Flaubert. “Livre. Quel qu’il soit, toujours trop long”. Contudo, estas narrativas de Carlos Querido não correm o risco se ser demasiado longas, pois consistem em cerca de três dezenas de micro-contos. O autor, juiz desembargador, cronista e romancista, publicou os romances históricos Redenção das Águas – As Peregrinações de D. João V à Vila das Caldas (2013) e Príncipe Perfeito – Rei Pelicano, Coruja e Falcão (2015). Com o absurdo como denominador comum, estes pequenos textos sobre um homem a quem as palavras doem, náufragos que se perdem no mar, que pode ser um deserto, um gato que regressa do passado, um mendigo invisível nos seus andrajos, estátuas que invadem uma pequena cidade termal, ou uma mulher que tem o corpo do marido a apodrecer em casa, compõem uma impressionante galeria de personagens atormentada pela insanidade ou pela “horrível sanidade”, na citação de Edgar Allan Poe, em epígrafe no presente livro.

128 páginas

Formulário de procura

OP'17

Livros

As Mil e uma Noites

Romance

A Conquista do Inútil

Artes
Werner Herzog

O Museu do Pensamento

Infanto-Juvenil
Joana Bértholo

O Terrivél - A grande Biografia de Afonso de Albuquerque

Estudos
José Manuel Garcia

Maigret e o seu Morto

Romance
Georges Simenon

Autobiografia de Alice B. Toklas

Outros
Gertrude Stein

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

Às Vezes São Precisas Rimas Destas

Poesia

Esta Noite Sonhei com Brueghel

Romance
Fernanda Botelho

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Fernão de Magalhães

Outros
Stefan Zweig

Dias Úteis

Romance
Patrícia Portela