Lanzarote

Lanzarote

Contos Michel Houellebecq

Editora: Alfaguara
Data:

Michel Houellebecq, nascido em 1956, é um dos mais importantes, e polémicos, poetas, romancistas e ensaístas franceses contemporâneos. O seu penúltimo romance, O Mapa e o Território, recebeu o Prémio Goncourt em 2010. A presente obra, Lanzarote, datada de 2000, foi publicada após os dois primeiros romances do autor, Extensão do Domínio da Luta e As Partículas Elementares, que estão na origem do culto que então se prolongaria para fora do território francês. O livro reúne seis breves narrativas, cinco delas brevíssimas. A que lhe dá o título apresenta-nos Houellebecq, cujo nome nunca é referido, preso à obrigação de partir para férias no arranque do novo milénio, mas sem grande vontade de o fazer. Lanzarote, à partida um destino onde pouco ou nada acontece, revela-se terreno árido (onde os raélicos esperam receber os criadores da Terra e dos humanos), embora fértil para o tipo de peripécias priápicas que caracterizam o universo do escritor.

104 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Rita Carvalho e Guerra

Formulário de procura

Património e Natureza

Livros

Debaixo da Pele

Romance
David Machado

Odes Olímpicas

Poesia
Píndaro

O Signo

Ensaios
Umberto Eco

Dentes de Rato

Infanto-Juvenil
Agustina Bessa-Luís

Esta Noite Sonhei com Brueghel

Romance
Fernanda Botelho

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Forte como a Morte

Romance
Guy de Maupassant

Dicionário Sentimental do Adultério

Outros
Filipa Melo

Insanus

Contos
Carlos Querido

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

Diante do tempo

Ensaios
Georges Didi-Huberman .

A História do Mundo para Pessoas com Pressa

Outros
Emma Marriott