Lanzarote

Lanzarote

Contos Michel Houellebecq

Editora: Alfaguara
Data:

Michel Houellebecq, nascido em 1956, é um dos mais importantes, e polémicos, poetas, romancistas e ensaístas franceses contemporâneos. O seu penúltimo romance, O Mapa e o Território, recebeu o Prémio Goncourt em 2010. A presente obra, Lanzarote, datada de 2000, foi publicada após os dois primeiros romances do autor, Extensão do Domínio da Luta e As Partículas Elementares, que estão na origem do culto que então se prolongaria para fora do território francês. O livro reúne seis breves narrativas, cinco delas brevíssimas. A que lhe dá o título apresenta-nos Houellebecq, cujo nome nunca é referido, preso à obrigação de partir para férias no arranque do novo milénio, mas sem grande vontade de o fazer. Lanzarote, à partida um destino onde pouco ou nada acontece, revela-se terreno árido (onde os raélicos esperam receber os criadores da Terra e dos humanos), embora fértil para o tipo de peripécias priápicas que caracterizam o universo do escritor.

104 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Rita Carvalho e Guerra

Formulário de procura

Livros

A Mulher-Sem-Cabeça e o Homem do Mau-Olhado

Romance
Gonçalo M. Tavares

Vislumbres da Índia

Outros
Octavio Paz

Amália – A Ressurreição

Artes
Fernando Dacosta

Calçada Portuguesa - Lux Platearum

Outros
Ernesto Matos e António Correia

Debaixo da Pele

Romance
David Machado

Quem tem Medo dos Filósofos

Outros
Victor Correia (organização e introdução)

1933 Foi um Ano Mau

Romance
John Fante

Odes Olímpicas

Poesia
Píndaro

Cá Dentro

Infanto-Juvenil
Isabel Minhós Martins e Maria Manuel Pedrosa

Lisboa uma Grande Surpresa

Artes
Arthur Júlio Machado e José Candido d’Assumpção e Souza

Sinais de Cena - Genética Teatral

Teatro
Vários autores

Lanzarote

Contos
Michel Houellebecq