Lisboa uma Grande Surpresa

Lisboa uma Grande Surpresa

Artes Arthur Júlio Machado e José Candido d’Assumpção e Souza

Editora: Arquivo Municipal de Lisboa/Fotográfico
Data:

Na segunda metade do século XIX, a representação fotográfica de Lisboa, para além das vistas sobre a cidade, destacava essencialmente o valor do edificado e das grandes obras públicas, documentando o espaço urbano. Com os novos projetos para a construção das avenidas, surgiram na Câmara Municipal de Lisboa tentativas de documentar a cidade focadas na intervenção urbanística da instituição, como documento privilegiado de estudo. O conjunto fotográfico Fundo Antigo, do Arquivo Municipal de Lisboa/Fotográfico, dá corpo a esta intenção de forma sistematizada. O levantamento promovido por Arthur Júlio Machado e José Candido d’Assumpção e Souza, entre 1898 e 1912, com colaboração menos relevante de José Arthur Bárcia, intenta algo inédito na história de Lisboa: fotografar para documentar a cidade sem preocupações comerciais, sociais ou estéticas, mas urbanísticas. As fotos reproduzidas neste belíssimo álbum testemunham o objetivo de arquivar a memória visual da cidade em transformação e objetivo de conciliar a conservação do património lisboeta com a necessidade de estruturar uma consciente e bem planeada renovação urbanística.

Formulário de procura

Livros

É Agora como Nunca

Poesia
Adriana Calcanhotto

José Espinho – Vida e Obra

Artes

Requiem para o Sonho Americano

Outros
Noam Chomsky

O Velho e o Mar

B.D. Ilustração
Thierry Murat

Da Miséria Simbólica

Ensaios
Bernard Stiegler

O Meu Inimigo Mortal

Romance
Willa Cather

Canto Irregular

Poesia
Fábio Neves Marcelino

Cair para Dentro

Romance
Valério Romão

A Pura Inscrição do Amor

Poesia
Nuno Júdice

A Ciência das Sombras

Poesia
Bernardo Pinto de Almeida

Um Quarto em Atenas

Poesia
Tatiana Faia

Mike Tyson para Principiantes

Poesia