Maigret e o seu Morto

Maigret e o seu Morto

Romance Georges Simenon

Editora: Relógio D’Água
Data:

Georges Simenon (1903-1989) foi um dos raros escritores que conheceu simultaneamente, os favores da crítica especializada, dos seus pares (Gide, Faulkner ou Cocteau) e do público leitor. Produziu 425 obras literárias, vendendo mais de 600 milhões de cópias pelo mundo fora. Porém, a sua fama e popularidade repousam na série policial protagonizada pelo comissario Maigret. Contrariamente a Holmes ou Poirot, Maigret não possui poderes sobrenaturais de dedução, o que o torna mais humano e credível. É um inspector que faz o seu trabalho de investigação zelosa e pacientemente, mediante uma cuidada análise psicológica dos suspeitos e um estudo apurado do meio sociológico em que ocorreu o crime. Neste livro, Maigret investiga o caso dos “Assassinos da Picardia”, nome com o qual, a partir do primeiro delito, os jornalistas batizaram a quadrilha que se esconde num dos piores bairros de Paris, entre “uma barafunda de estrangeiros indocumentados ou com documentos falsos”. 
 

184 páginas

Ficha Técnica

Tradução de Lima de Freitas

Formulário de procura

Sardinhas

Livros

Morte pela Água

Romance
Kenzaburó Óe

Lord Lilford on Birds and Flowers

Poesia
Pedro Miranda Albuquerque

Autobiografia

Outros
Mário Dionísio

Cinzento e Dourado

Estudos
Vasco Rosa

Problemas de Género

Estudos
Judith Butler

1640

Romance
Deana Barroqueiro

Desenhos Efémeros

Artes
António Jorge Gonçalves

A Princesa de Clèves

Romance
Madame de La Fayette

Marotices

B.D. Ilustração
Marion Fayolle

Nunca Me Deixes

Romance
Kazuo Ishiguro

Teatro Pós-Dramático

Artes
Hans-Thies Lehmann

Antologia de Poesia Erótica

Poesia
Bocage