O Palácio do Riso

O Palácio do Riso

Romance Germán Marin

Editora: Antígona
Data:
Título Original: El Palacio de la Risa

A obra de Germán Marin em torno da memória coletiva, em particular a sua trilogia Historia de una absolución familiar (1994-2005) marcou profundamente a literatura chilena do século XX. O Palácio do Riso (1995) é um romance complexo e perturbador, misto de memória, ficção e inquérito. A casa onde decorre a ação, a Villa Grimaldi, convertida durante o regime de Pinochet no centro de torturas “Palácio do Riso”, assume o protagonismo do livro. O narrador, regressado do exílio, revisita o edifício onde foi feliz em criança e onde passou uma noite inesquecível com a mulher que amou e de quem se separou quando foi forçado a abandonar o Chile. Aí se confronta com a casa em ruínas e com os rumores de que essa mulher terá colaborado com a ditadura militar. O edifício totalmente destruído é o símbolo dos escombros do país e o resultado de uma política de terra queimada que visa apagar os vestígios dos horrores da ditadura. É entre a memória de um passado idílico e a amargura do presente que o narrador vai ter que refazer a sua vida.

160 páginas

Ficha Técnica

Prólogo de Roberto Merino; posfácio de Júlio Henriques; tradução de Helena Pitta

Formulário de procura

OP'17

Livros

Dentes de Rato

Infanto-Juvenil
Agustina Bessa-Luís

Esta Noite Sonhei com Brueghel

Romance
Fernanda Botelho

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Fernão de Magalhães

Outros
Stefan Zweig

As Mil e uma Noites

Romance

Forte como a Morte

Romance
Guy de Maupassant

A Conquista do Inútil

Artes
Werner Herzog

Dicionário Sentimental do Adultério

Outros
Filipa Melo

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

Diante do tempo

Ensaios
Georges Didi-Huberman .

A História do Mundo para Pessoas com Pressa

Outros
Emma Marriott

O Signo

Ensaios
Umberto Eco