O Palácio do Riso

O Palácio do Riso

Romance Germán Marin

Editora: Antígona
Data:
Título Original: El Palacio de la Risa

A obra de Germán Marin em torno da memória coletiva, em particular a sua trilogia Historia de una absolución familiar (1994-2005) marcou profundamente a literatura chilena do século XX. O Palácio do Riso (1995) é um romance complexo e perturbador, misto de memória, ficção e inquérito. A casa onde decorre a ação, a Villa Grimaldi, convertida durante o regime de Pinochet no centro de torturas “Palácio do Riso”, assume o protagonismo do livro. O narrador, regressado do exílio, revisita o edifício onde foi feliz em criança e onde passou uma noite inesquecível com a mulher que amou e de quem se separou quando foi forçado a abandonar o Chile. Aí se confronta com a casa em ruínas e com os rumores de que essa mulher terá colaborado com a ditadura militar. O edifício totalmente destruído é o símbolo dos escombros do país e o resultado de uma política de terra queimada que visa apagar os vestígios dos horrores da ditadura. É entre a memória de um passado idílico e a amargura do presente que o narrador vai ter que refazer a sua vida.

160 páginas

Ficha Técnica

Prólogo de Roberto Merino; posfácio de Júlio Henriques; tradução de Helena Pitta

Formulário de procura

Lisboa Cidade Triste e Alegre

Livros

O Meu Inimigo Mortal

Romance
Willa Cather

Cair para Dentro

Romance
Valério Romão

Semente de Bruxa

Romance
Margaret Atwood

A Pura Inscrição do Amor

Poesia
Nuno Júdice

Na Prática a Teoria É Outra

Outros
Victor Cunha Rego

Mike Tyson para Principiantes

Poesia

José Espinho – Vida e Obra

Artes

Requiem para o Sonho Americano

Outros
Noam Chomsky

O Velho e o Mar

B.D. Ilustração
Thierry Murat

Babbitt

Romance
Sinclair Lewis

Homossexualidade e Homoerotismo em Fernando Pessoa

Estudos
Victor Correia

Da Miséria Simbólica

Ensaios
Bernard Stiegler