O Palácio do Riso

O Palácio do Riso

Romance Germán Marin

Editora: Antígona
Data:
Título Original: El Palacio de la Risa

A obra de Germán Marin em torno da memória coletiva, em particular a sua trilogia Historia de una absolución familiar (1994-2005) marcou profundamente a literatura chilena do século XX. O Palácio do Riso (1995) é um romance complexo e perturbador, misto de memória, ficção e inquérito. A casa onde decorre a ação, a Villa Grimaldi, convertida durante o regime de Pinochet no centro de torturas “Palácio do Riso”, assume o protagonismo do livro. O narrador, regressado do exílio, revisita o edifício onde foi feliz em criança e onde passou uma noite inesquecível com a mulher que amou e de quem se separou quando foi forçado a abandonar o Chile. Aí se confronta com a casa em ruínas e com os rumores de que essa mulher terá colaborado com a ditadura militar. O edifício totalmente destruído é o símbolo dos escombros do país e o resultado de uma política de terra queimada que visa apagar os vestígios dos horrores da ditadura. É entre a memória de um passado idílico e a amargura do presente que o narrador vai ter que refazer a sua vida.

160 páginas

Ficha Técnica

Prólogo de Roberto Merino; posfácio de Júlio Henriques; tradução de Helena Pitta

Formulário de procura

Livros

Sinais de Cena - Genética Teatral

Teatro
Vários autores

Lanzarote

Contos
Michel Houellebecq

A Mulher-Sem-Cabeça e o Homem do Mau-Olhado

Romance
Gonçalo M. Tavares

Amália – A Ressurreição

Artes
Fernando Dacosta

Debaixo da Pele

Romance
David Machado

Quem tem Medo dos Filósofos

Outros
Victor Correia (organização e introdução)

1933 Foi um Ano Mau

Romance
John Fante

Odes Olímpicas

Poesia
Píndaro

A Mala Misteriosa do Senhor Benjamin

Infanto-Juvenil
Pei -Yu Chang.

Máquina

Infanto-Juvenil
Jaime Ferraz

Lisboa e os Estrangeiros / Lisboa dos Estrangeiros até ao Terramoto de 1755

Estudos

O Regresso de Mary Poppins

Infanto-Juvenil
P. L. Travers