O Rio Triste

O Rio Triste

Romance Fernando Namora

Editora: Editorial Caminho
Data:

A nova edição de O Rio Triste, de Fernando Namora surge no âmbito da republicação da obra do escritor pela Caminho que, até ao final do ano, lançará ainda Domingo à Tarde. Este romance, olhar sobre a sociedade portuguesa entre as décadas de 1960 e 1980, abordando as graves consequências da guerra colonial na África, e a questão da emigração, expõe os meandros da criação literária num período de crise de valores e de desintegração das relações humanas. Um dos mais ambiciosos do autor, apresenta um jogo de linguagens e de géneros e uma sucessão de vozes que se manifestam num “plurívoco romance em que todas as vozes são afinal a sua” como escreve David Mourão-Ferreira, no prefácio. A obra que por vezes “dá a sensação de ser o próprio jogo a conduzir quem o conduz, representa no seu conjunto uma das mais originais mise-en-question, jamais intentadas na língua portuguesa, de um romance (…) que se faz, se desfaz, se refaz, se destrói, se adia e se estrutura finalmente”.

328 páginas

Ficha Técnica

Prefácio de David Mourão-Ferreira; posfácio de Fernando Batista

Formulário de procura

Livros

Sinais de Cena - Genética Teatral

Teatro
Vários autores

Lanzarote

Contos
Michel Houellebecq

A Mulher-Sem-Cabeça e o Homem do Mau-Olhado

Romance
Gonçalo M. Tavares

Amália – A Ressurreição

Artes
Fernando Dacosta

Debaixo da Pele

Romance
David Machado

Quem tem Medo dos Filósofos

Outros
Victor Correia (organização e introdução)

1933 Foi um Ano Mau

Romance
John Fante

Odes Olímpicas

Poesia
Píndaro

A Mala Misteriosa do Senhor Benjamin

Infanto-Juvenil
Pei -Yu Chang.

Máquina

Infanto-Juvenil
Jaime Ferraz

Lisboa e os Estrangeiros / Lisboa dos Estrangeiros até ao Terramoto de 1755

Estudos

O Regresso de Mary Poppins

Infanto-Juvenil
P. L. Travers