Vislumbres da Índia

Vislumbres da Índia

Outros Octavio Paz

Editora: Relógio d'Água
Data:
Título Original: Vislumbres de la India

As viagens ocuparam um lugar determinante na formação do grande poeta mexicano Octavio Paz (1914-1998), Prémio Nobel de Literatura 1990. Primeiro a Espanha, onde testemunhou os horrores da Guerra Civil, depois Paris onde estabeleceu relações com os surrealistas que, juntamente com a ideologia marxista e as religiões budista e hinduísta, influenciaria profundamente a sua obra, meditação abstracta sobre a solidão existencial, o amor erótico e a criação artística. Embaixador na Índia de 1962 a 1968, passou a incluir as questões místicas da vida, da morte e da reencarnação, em obras como El mono gramático e Ladera este. Em Vislumbres da Índia evoca de forma impressiva a “invencível atração” deste país contraditório de “ritos, templos, cidades cujos nomes evocam histórias insólitas, multidões heterogéneas e multicolores, mulheres de movimentos de felino e olhos escuros e cintilantes, e santos, mendigos…”

194 páginas

Ficha Técnica

Tradução de José Colaço Barreiros

Formulário de procura

OP'17

Livros

A Conquista do Inútil

Artes
Werner Herzog

O Museu do Pensamento

Infanto-Juvenil
Joana Bértholo

O Terrivél - A grande Biografia de Afonso de Albuquerque

Estudos
José Manuel Garcia

Maigret e o seu Morto

Romance
Georges Simenon

Autobiografia de Alice B. Toklas

Outros
Gertrude Stein

Poesis

Poesia
Maria Teresa Horta

Às Vezes São Precisas Rimas Destas

Poesia

Esta Noite Sonhei com Brueghel

Romance
Fernanda Botelho

Poemas

Poesia
Mário de Sá-Carneiro

Fernão de Magalhães

Outros
Stefan Zweig

Dias Úteis

Romance
Patrícia Portela

As Mil e uma Noites

Romance