Parque Florestal de Monsanto

Parque Florestal de Monsanto

Parques
Mata de Monsanto - Serra de Monsanto

Telefone 218 170 200

Acessos

Autocarro: 711, 723, 24, 729, 70 | Metro: Sete Rios

Nos anos trinta do século passado, a crescente procura de terrenos para construção levou Duarte Pacheco, então Ministro das Obras Públicas e Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a recuperar uma ideia que vinha de 1868: a arborização da Serra de Monsanto. Foi o arquitecto Keil do Amaral que desenvolveu o projecto para o parque, incluindo zonas recreativas e desportivas, algumas delas ainda hoje existentes.Hoje em dia, considerado por todos como o 'pulmão' de Lisboa, este parque ocupa uma área superior a 1000 ha, cerca de 1/8 da área total da cidade. O parque está totalmente arborizado, tendo também uma vida animal intensa e variada. Para além disso, integra vários miradouros com vista panorâmica sobre a cidade e o rio, bem como inúmeros locais propícios para desporto e recreio.Na década de 2000, toda a área de Monsanto, desde o Parque do Calhau até à Serafina, passando pelo Anfiteatro Keil do Amaral, foi alvo de uma revitalização, entregando todo aquele espaço natural e de lazer novamente aos habitantes da região de Lisboa. Hoje em dia, está garantida a segurança e as condições necessárias para que se possa usufruir de tudo o que Monsanto tem para oferecer.

Latitude
38.7223
Longitude
-9.13934
Shape
Point