Festival de Almada traz Isabelle Huppert a Lisboa

A atriz é dirigida pelo encenador Robert Wilson

Festival de Almada traz Isabelle Huppert a Lisboa

Julho é invariavelmente um mês marcado pelo Festival de Almada, e esta 36.ª edição anuncia, para já, um espetáculo que promete tornar-se num dos momentos altos do panorama cultural em 2019 – Isabelle Huppert interpreta o papel da Rainha Maria da Escócia, no Centro Cultural de Belém a 12 e 13 de julho. O monólogo Mary Said What She Said, da autoria de Darryl Pinckney, é encenado por outro nome histórico do teatro mundial: o norte-americano Robert Wilson.

Com estreia mundial agendada para o Espace Cardin, em Paris, a 22 de maio, Mary Said What She Said é um monólogo escrito pelo escritor afroamericano Darryl Pinckney, autor reconhecido no mundo do teatro pelas suas colaborações com Robert Wilson. Aliás, este é um reencontro ainda mais lato, uma vez que a eles se junta a consagrada atriz francesa Isabelle Huppert, mais de 20 anos depois deste “glorioso” trio ter levado a cena outro monólogo: Orlando, a partir do romance de Virginia Woolf.

Robert Wilson tem sido presença constante nas últimas décadas, apesar de há 17 anos não apresentar um espetáculo seu em Portugal. Huppert volta a Lisboa após uma passagem pelo LEFFEST, em 2017, no âmbito de retrospetiva.

 

Como o próprio Pinckney sublinha, “o sempre inventivo Robert Wilson oferece à grande Isabelle Huppert o trono da Rainha Maria da Escócia, a soberana que, por causa das suas paixões, perdeu a coroa”. Peça em três atos, Mary Said What She Said é uma história de amor, poder e traição sobre uma mulher que encarnou exemplarmente o desejo irreprimível da liberdade. Adivinha-se, portanto, um papel à medida de todo o talento de Huppert.

Numa produção do Theatre de la Ville (dirigido pelo luso-francês Emmanuel Demarcy-Mota), Wilson assina não só a encenação, como a cenografia e a luz do espetáculo, que conta ainda com música original do famoso compositor Ludovico Einaudi e figurinos de Jacques Reynaud.

O espetáculo integra a programação do 36.º Festival de Almada que decorre de 4 a 18 de julho em Almada e Lisboa. Os bilhetes, bem como as assinaturas que facultam o acesso a todos os espetáculos do festival, serão colocados à venda no decorrer deste mês.