Nada de mim

Artistas Unidos

teatro
4 julho a 21 julho 2018
vários horários
Teatro da Politécnica
Nada de mim

A companhia dirigida por Jorge Silva Melo regressa ao Festival de Almada (onde curiosamente se estreou nos idos de 90) com uma envolvente peça de câmara, íntima e espectral, povoada por personagens em perda.No centro do texto está a relação entre uma mulher madura (Carla Bolito) com um homem mais jovem (Pedro Caeiro). Para Pedro Jordão, que aqui se estreia na encenação, a peça do norueguês Arne Lygre “é impiedosa para as personagens, e consequentemente para os atores, mas também para o público que a vê”. Em suma, “não se trata de um exercício sobre a felicidade; é, isso sim, uma reflexão frágil e profunda sobre a necessidade humana de redenção.” FB

 

Sextas (dias 6, 13 e 20) e sábados (dias 7, 14 e 21) sempre às 21h. Quintas às 18h (dias 5 e 12) e às 21h (dias 5, 12 e 19). Quartas às 19h (dias 4 e 18) e às 21h (dia 11). Terças às 18h (dia 10) e às 19h (dia 17).


Ficha técnica:

Artistas Unidos. Arne Lygre, texto; Pedro Jordão, encenação; Carla Bolito, Pedro Caeiro, Elisabete Pinto e Tiago Matias, interpretação.


10 € - preço normal
6 € - com descontos e preço único às terças

Local: