Sou Fujimoto

Futuro Doméstico Primitivo

artes
21 fevereiro a 26 maio 2019
vários horários
Museu do Oriente
Sou Fujimoto

Sendo um dos mais influentes arquitetos japoneses da sua geração, Sou Fujimoto (Hokkaido, 1971) procura reconduzir-nos às origens do espaço construído propondo-nos uma arquitetura inspirada na ideia de floresta. Estabelecendo uma analogia entre esta e a cidade de Tóquio, onde trabalha, aponta a experiência, a diversidade e o conforto como elementos de ligação entre estas duas realidades, sendo que noções daqui decorrentes como complexidade (entre ordem e caos), coexistência (de diferentes elementos) e externalidade (como possibilidade de descoberta) informam projetos que oscilam entre o “micro espaço doméstico” e a “mega estrutura urbana”.

Partindo de uma seleção de casas projetadas e construídas em território nipónico por Fujimoto, aqui apresentadas através de vídeos, fotografias, maquetes e outros elementos, Futuro Doméstico Primitivo incide sobre a conceção do habitar por si explorada – com especial enfoque no modo flexível como este actua através das diversas escalas, afirmando a pluralidade da atividade humana e a diversidade espacial daí decorrente – e constitui uma oportunidade única de divulgar uma perspetiva específica do privado japonês ao público português através da demonstração do espírito heurístico implícito na obra deste singular arquiteto.

Terça a quinta, sábado e domingo, das 10h às 18h, sexta, das 10h às 22h


Local: