(Euro) Políticas

Fotografia Contemporânea depois de 1999

artes
15 maio a 6 outubro 2019
vários horários
Museu do Dinheiro
(Euro) Políticas

O Museu do Dinheiro apresenta uma exposição que reflete sobre as transformações da Europa vinte anos depois da introdução da moeda única. O Instituto Monetário Europeu foi criado entre 1994 e 1999, mesmo período no qual foi criado e aprovado o nome euro para a moeda única. Hoje, vinte anos depois , em que Europa vivemos? A partir de três temas centrais -atos de hospitalidade; atos de participação; e atos de utopia – , propomo-nos investigar noções de coesão, pertença e integração social, económica e política que marca(ra)m o desenho do projeto Europeu sob a lente da fotografia contemporânea internacional a partir de 1999, aquando da introdução do Euro como moeda única legal e um dos símbolos da comunidade.

Este período é marcado por inúmeras transformações na Europa e no mundo, com incertezas, conflitos e desafios. Também a arte, enquanto forma de criação é inerentemente conflitual, implica rutura e colisão de diferenças enquanto metodologias para compreender, refletir, agir, e traduzir visualmente perspetivas sobre o mundo no qual vivemos. São precisamente traduções visuais sobre a Europa em transformação hoje que esta exposição, a partir da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, apresenta no Museu do Dinheiro.

 

Quarta a domingo, das 10h às 18h
25 maio às 16h: Visita comentada pelo curador, com marcação prévia
Visitas orientadas aos sábados, às 16h30,  até 7 setembro


Local: