Exibição de filmes na Sala Fernando Lopes

cinema
14 fevereiro a 23 fevereiro 2020
Sala de Cinema Fernando Lopes (Campus Académico da Universidade Lusófona )
Exibição de filmes na Sala Fernando Lopes

A Leopardo Filmes, a Medeia Filmes e a Universidade Lusófona dão início a uma colaboração tendo em vista a exibição de filmes na sala Fernando Lopes do Auditório Pessoa Vaz, inaugurada na 13ª edição do LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival. A sala, que serviu de palco de retrospetivas, encontros e masterclasses, volta a abrir portas ao público, com um conjunto de filmes e sessões especiais a exibir aos fins-de-semana.

14 fevereiro: 21h
LINHAS TORTAS
De Rita Nunes (1h53, M/16)
Com Joana Ribeiro, Américo Silva, Miguel Nunes, Ana Padrão

Um encontro acidental no Twitter dá a conhecer Luísa – uma jovem actriz – e António – escritor e jornalista, que, usando Rasputine como nome de perfil, está nesta rede social sem revelar a sua identidade. A relação entre ambos, sempre virtual, torna-se o centro das suas vidas. António não resiste à juventude e graça de Luísa, Luísa reconhece em Rasputine a primeira concretização dos seus idealismos amorosos. Decidem encontrar-se. Mas António tem um acidente a caminho desse encontro e deixa Luísa à espera…Uma história de enganos amorosos e do desenleio desses enganos, sempre arrastada pela força maior do acaso.

Versão Legendada em Inglês
Com a presença da realizadora e dos atores

15 fevereiro: 16h
VARIAÇÕES
De João Maia (1h49, M/12)
Com Sérgio Praia, Filipe Duarte, Victoria Guerra

O retrato da vida de António Ribeiro, barbeiro e figura da movida lisboeta no final dos anos 70, perseguindo o seu sonho de se tornar cantor e compositor, apesar de não saber uma nota de música. O filme foca o processo de transformação na persona de António Variações, artista excêntrico e popular cuja carreira fulgurante foi interrompida pela sua morte em 1984. O filme é uma homenagem a todos os que ainda hoje perseguem os seus sonhos aspirando transformar as suas vidas.

15 fevereiro: 21h
VITALINA VARELA
De Pedro Costa (2h04, M/12)
Com Vitalina Varela, Ventura, Manuel Tavares Almeida, Francisco Brito, Imídio Monteiro, Marina Alves Domingues

Vitalina Varela, 55 anos, cabo-verdiana, chega a Portugal três dias depois do funeral do marido. Há mais de 25 anos que Vitalina esperava o seu bilhete de avião.

16 fevereiro: 16h
A HERDADE
De Tiago Guedes (2h44, M/12)
Com Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges

A saga de uma família proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do rio Tejo, convida-nos a mergulhar profundamente nos segredos da sua Herdade, fazendo o retrato da vida histórica, política, social e financeira de Portugal, dos anos 40, atravessando a Revolução do 25 de Abril e até aos dias de hoje.
Festival de Veneza – Selecção Oficial – Em Competição

Versão Legendada em Inglês
Com a presença do realizador e dos atores

21 fevereiro: 21h

A VIDA INVISÍVEL
De Karim Aïnouz (2h19, M/16)
Com Julia Stockler, Carol Duarte, Flávia Gusmão

Rio de Janeiro, década de 1940. Eurídice (Carol Duarte) é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida (Julia Stockler) é a sua irmã mais velha, e o oposto do seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem num rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice esforça-se para se tornar uma música, ao mesmo tempo que enfrenta as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor.

22 fevereiro: 16h
BACURAU

De Juliano Dornelles, Kleber Mendonça (2h11, M/16)
Com Bárbara Colen, Thomas Aquino, Silvero Pereira

Pouco depois da morte da matriarca D. Carmelita, aos 94 anos, os habitantes de Bacurau, uma pequena vila situada no sertão brasileiro, descobrem que a localidade desapareceu dos mapas. Uma sucessão de acontecimentos insólitos leva-os a deduzir que se encontram sob ataque. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente uma estratégia de defesa. Um Brasil distópico, retratado num improvável cruzamento de géneros cinematográficos, fazem deste filme uma experiência cinematográfica imperdível.

22 fevereiro: 21h
OS MISERÁVEIS

De Ladj Ly  (2h38, M/16)
Com Damien Bonnard, Alexis Manenti, Djibril Zongar

Stéphane, acabado de chegar de Cherbourg, vai integrar a Brigada Anti-Crime (BAC) de Montfermeil, nos arredores de Paris. É aí que conhece os seus novos colegas de equipa, Chris e Gwada, dois agentes experientes. Não tarda a descobrir as tensões entre os diferentes gangues locais. Durante uma detenção, um drone filma todos os seus actos e gestos…
Festival de Cannes – Grande Prémio do Júri
Óscares – Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro
Globos de Ouro – Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro
Lisbon & Sintra Film Festival – Selecção Oficial

23 fevereiro: 16h
AQUARIUS
De Kleber Mendonça Filho (2h25, M/16)
Com Sonia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos, Humberto Carrao

Clara, uma viúva de 65 anos, crítica de música reformada, nasceu numa família rica e tradicional no Recife, Brasil. Ela é a última residente do Aquarius, um edifício construído nos anos 40, na zona cara junto ao mar da Avenida Boa Viagem, Recife. Todos os apartamentos vizinhos já foram adquiridos pela empresa que apresentou projectos para construir um novo empreendimento. Clara jura que só sairá dali morta e entra numa guerra fria com a empresa, num confronto obscuro, assustador e emocionalmente desgastante. Esta tensão não só perturba Clara como torna as suas rotinas exasperantes, levando-a a refletir sobre si e aqueles que ama, o seu passado e o seu futuro.

Os bilhetes para cada sessão podem ser adquiridos 30 minutos antes do início da mesma. Pode também adquirir, antecipadamente, os seus bilhetes para qualquer filme do mês, nos 30 min. anteriores à exibição dos filmes.


Local: