Júlio Pomar

Formas que se Tornam Outras

artes
2 maio a 29 setembro 2019
vários horários
Atelier-Museu Júlio Pomar
Júlio Pomar

A exposição reflete sobre o modo como o corpo, o erotismo e a sexualidade atravessaram o percurso do artista ao longo de mais de 70 anos, mas com especial incidência nas décadas de 1960 e 1970, altura em que o trabalho de Júlio Pomar assumiu estes aspectos de forma mais explícita.

Nesta exposição, o corpo é como que um elemento condutor, constante, que conduz o espetador e o pintor por entre as obras, de diferentes períodos, interligando-os. É importante perceber então que as formas corporais que aparecem nestas pinturas, assemblagens, esculturas, desenhos e obra gráfica - gravuras, cartazes, serigrafias e ilustrações para livros -, por vezes partes de corpos que parecem escapar-se do plano de representação, têm a função de organizar e relacionar diferentes modos de ver e pensar a realidade e as suas narrativas, mais e menos explícitas, mais e menos realistas, mais e menos míticas.

Terça a domingo, das 10h às 13h/14h às 18h


Ficha técnica:

Curadoria de Sara António Matos e Pedro Faro

Local: