Subitamente no verão passado

Tennessee Williams

teatro
6 fevereiro a 23 fevereiro 2020
qua: 19h30; qui: 21h30; sex: 21h30; sáb: 19h30; dom: 16h30
Teatro Nacional D. Maria II
Subitamente no verão passado

Talvez por ser das mais reveladoras da própria vida, e conter temas que perpassam toda a sua obra, esta seria uma das peças mais amada por Tennesse Williams entre as muitas que escreveu.

Subitamente no Verão Passado conta a história da Sra. Venable, uma viúva e mãe possessiva que perde o filho Sebastian. As reais, e misteriosas, circunstâncias da morte, ocorrida durante umas férias em Espanha, são apenas conhecidas pela sobrinha, Catharine, que acompanhava Sebastian. Temendo pela imagem de “poeta luminoso, eternamente jovem, casto, sensível, torturado pela revelação de Deus nas manifestações cruéis, selvagens e implacáveis da natureza”, cultivada aos olhos de todos, a Sra. Venable acossa a perturbada Catharine, subornando um médico para que lhe seja feita uma lobotomia. Deste modo, a mãe conseguiria apagar, em definitivo, as reais circunstâncias que levaram à morte do filho.

Na visão do encenador Bruno Bravo, a peça de Williams tem como tema fulcral “o conceito de verdade como fenómeno mutável, indeterminado, sujeito a uma multiplicidade de versões – também na ténue relação entre realidade e ficção.” FB

Sessão com interpretação em Língua Gestual Portuguesa: 9 de fevereiro

Conversa com artistas após o espetáculo: 9 de fevereiro

Sessão com Audiodescrição: 23 de fevereiro


Ficha técnica:

Primeiros Sintomas. Tennessee Williams, texto; Bruno Bravo, encenação; Alice Medeiros, Carolina Salles, Joana Campos, João Pedro Dantas, José Leite, Marina Albuquerque e Mónica Garnel, interpretação.


11 € - preço normal (ver descontos)

Local: